Segundo o MJ, no primeiro mês foram realizados mais de 13 mil pedidos de renovação ‘online’.

O MJ refere também que outra medida crida para melhorar o atendimento do cartão de cidadão diz respeito à possibilidade de reutilização dos dados do cidadão existentes no sistema, o que permitiu “a redução para metade do tempo médio de atendimento (cerca de cinco minutos) e o alargamento dos locais onde é possível solicitar a renovação do documento de identificação”.

O MJ precisa que, desde 20 de maio, a renovação do cartão do cidadão pode ser feita não só nos balcões do Instituto dos Registos e do Notariado como também em dezenas de espaços cidadão de Lisboa, Algarve e Porto, “aumentando não só a oferta mas também a proximidade com os cidadãos”.

O Ministério avança que estão atualmente disponíveis 54 Espaços Cidadão, além de ter sido “adicionalmente disponibilizado um serviço de apoio personalizado para renovação online”.