Top FM Home

Petróleo em queda ligeira após ataques a petroleiros em Omã

Petróleo em queda ligeira após ataques a petroleiros em Omã

Depois de ontem ter subido mais de 4% após os ataques a petroleiros em Omã, o preço do petróleo está agora a descer ligeiramente nos mercados internacionais.

O ataque a dois petroleiros no Golfo de Omã, por onde passa um quinto do consumo global de petróleo, está hoje a afetar o preço do petróleo. O preço do barril de Brent, que serve de referência para as importações portuguesa, desce 0,24% para os 61, 17 dólares. Já a cotação do crude WTI cai 0,29% para os 52,09 dólares por barril. Ontem, o incidente causou uma subida dos barris de petróleo em 4,45%.

O Governo do Irão “rejeita categoricamente” a alegação dos Estados Unidos de que foi responsável pelos ataques de quinta-feira contra petroleiros no mar de Omã, incidentes que condena “com a maior veemência possível”.

“O Irão está pronto para desempenhar um papel ativo e construtivo em garantir a segurança das passagens marítimas estratégicas, bem como promover a paz, a estabilidade e a segurança na região”, declarou o Governo iraniano.

A pedido de Mike Pompeo, chefe da diplomacia norte-americana, Jonathan Cohen declarou à imprensa que os EUA avaliam os ataques de quinta-feira como “mais um exemplo das atividades desestabilizadoras do Irão na região”.

Ontem, a Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) divulgou um relatório onde prevê que a procura mundial de crude avance, este ano, para 99,86 milhões de barris diários, menos 70 mil do que o valor estimado no mês anterior.

A produção dos 14 sócios da OPEP caiu em maio em 236 mil barris por dia, impactada, sobretudo, pelo Irão com uma descida de 227 mil barris diários.

Fonte: Sapo

14 Junho 2019 Noticias

Outras Notícias

Facebook