Top FM Home

Urban Nature: os novos snacks saudáveis portugueses para comer a toda a hora

Urban Nature: os novos snacks saudáveis portugueses para comer a toda a hora

Há novos snacks portugueses para deixar de lado as bolachas de chocolate que o colega de  trabalho tem sempre na gaveta para comer a meio da manhã. A marca chama-se Urban Nature e tem oito snacks saudáveis, em embalagens individuais que pode comprar online — faz entregas em todo o País.

“Pensámos em best sellers saudáveis e tornámo-los diferentes e mais saborosos”, explica à NiT Maria Villas-Boas, a responsável pela nova marca nacional. Tem 31 anos e no último ano que está a trabalhar no novo projeto. Deixou o trabalho na Sonae onde esteve na área comercial da comida saudável do Continente.

“É preciso fazer uma mudança radical nos hábitos alimentares, mas não pode ser repentina. Por isso criámos estes snacks equilibrados em termos de calorias e gorduras.”

Antes de estudar gestão, ainda chegou a inscrever-se num curso em Madrid para ser chef de cozinha. Acabou por desistir, por gostar mais do processo criativo. Foi Maria Villas-Boas que pensou em todo o design das embalagens e também nas combinações que foram criadas. “Para já, temos oito variedades, mas estamos a pensar em novos sabores.”

Os snacks são produzidos em Portugal, não têm conservantes e quaisquer aditivos. Estão à venda em embalagens de unidose. O peso varia consoante o tipo de ingredientes usados em cada combinação. Tem os amendoins com sésamo caramelizado, aveia com maçã, chia e canela, chips de coco com flor de sal, crackers com sementes de chia e linhaça, crocantes de granola com coco e chia, crocantes de sésamo e mel, pipocas de chocolate e flor de sal, e puffs de lentilhas e milho.

Através do site, pode encomendar nove unidades — custam a partir de 13,50€. Pode pedir todas da mesma variedade, ou fazer um pack com os que mais gostar. Nos últimos meses testaram os snacks em algumas empresas. Agora já têm a loja online a funcionar. Os próximos passos é terem as variedades disponíveis em vending machines, cafés, bombas de gasolina e supermercados.

Fonte: NIT.pt

11 Outubro 2018 Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Outras Notícias

Facebook